Ryanair e o desfile dos voos cancelados

0
25

Esta quarta-feira, 25 de julho, já começou mal para quem tinha voos marcados…

Nos aeroportos de Lisboa e no Porto, a greve de tripulantes de cabine da Ryanair já faz sentir as suas consequências! Segundo fontes sindicais, citadas pelo Jornal de Notícias, apenas dois dos 22 voos previstos da Ryanair partiram do Aeroporto do Porto, na manhã desta quarta-feira. Em Lisboa foram cancelados seis. Em Faro, cinco.

Esta paralisação de dois dias serve como exigência para a aplicação da lei nacional. Já na passada semana a companhia tinha alertado que podiam acontecer perto de 50 cancelamentos. Os passageiros foram alertados com alguma antecedência, via email ou sms.

À Lusa, Bruno Fialho, do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) confirmou que, na terça-feira, vários tripulantes de cabine da Ryanair receberam uma carta da empresa – contendo ameaças.

“Ontem [terça-feira] houve a pior das situações ilegais: Foi uma coação sobre os trabalhadores. Foi enviada uma carta ameaçando os mesmos de que se não fossem voar em dias de folga e que batiam nos dias da greve iriam ser despedidos. Isto em Portugal é crime e não sei o que o Governo português pretende fazer sobre todas as provas que já foram apresentadas da conduta que a Ryanair tem com os trabalhadores portugueses”, é o testemunho de Bruno Fialho.

Todas as informações são atualizadas na página da ANA – Aeroportos de Portugal, sendo que quem comprou pode ir verificando se está tudo bem com o seu voo. (um viajante precavido vale por dois).

[Foto: Unsplash]

 

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here