Teatro. “Um Dia Uma Vida”, de Ruy Belo

0
42

É a nova produção do Teatro Aberto, escrita por Ruy Belo e encenada por Marta Dias, e estreia na Sala Vermelha no dia 17 de fevereiro.

Um Dia Uma Vida vai levar até ti as palavras do poeta Ruy Belo de uma forma completamente nova, recriando-as em palco com a magia da cenografia, do desenho de luz e do vídeo, através das histórias de quatro personagens:

O Homem não dorme, não vai dormir nunca mais, observa o mar e a aldeia que o sol ilumina lentamente.
A Mulher vê-se ao espelho e amargura-se com as rugas e os filhos que não teve.
A Jovem quer conquistar o mundo que vê pelo ecrã e através do ecrã diz ao mundo quem é.
O Pescador ganha a vida que fica depois de puxar as redes e isso é tudo o que precisa.

De acordo com a sinopse, Um Dia Uma Vida aborda a passagem do tempo e como o Homem tenta detê-la e dar sentido aos seus dias.

Com dramaturgia e encenação de Marta Dias, cenário e figurinos de Marisa Fernandes, vídeo de Eduardo Breda e luz de Alberto Carvalho e Marta Dias, esta peça é interpretada por Ana Brandão, Madalena Almeida, Miguel Lopes Rodrigues e Rui Melo.

Estará em cena a partir de 17 de fevereiro, na Sala Vermelha, de quarta-feira a sábado, às 21h30, e aos domingos às 16 horas. O preço é de 7,50 euros para menores de 25 anos, com o bilhete inteiro a custar 15 euros.

[Foto: Teatro Aberto]

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here