“Fuck, Marry, Kill” – o upgrade português às dating apps

0
93

A FMK (Fuck, Marry, Kill) é uma dating app portuguesa que deixa de lado as formas aborrecidas de encontrar pessoas online. E é um jogo que tem como principal foco os universitários.

Há 70 mil utilizadores em todo o globo a utilizar esta app (ao todo, são quase 100 países), sendo que Portugal conta com 20 mil jogadores de FMK.

O conceito é exatamente aquele em que estás a pensar. Tens de fazer o login através da tua conta de Facebook, para “provares” que és uma pessoa real. Depois, aparecem 3 fotografias ao mesmo tempo com a cara da pessoa, o nome e a idade (se carregares continuamente na imagem dá para ver mais detalhes). Depois, na primeira em que clicares será a tua escolha de “Fuck”, a segunda “Marry” e a terceira “Kill”. A parte engraçada chega agora. Quando a pessoa do outro lado fizer a mesma escolha que tu, vocês criam um match e abre-se uma conversa.

Escolhes “Fuck” para aquelas pessoas com as quais queres passar uma noite animada, “Marry” quando achas que pode dar algo sério e “Kill” quando não queres nada com aquela pessoa. Podes escolher se tens interesse no género feminino, masculino ou em ambos.

É preciso ter, pelo menos, 18 anos para se jogar e maior parte dos utilizadores têm entre 18 e 23 anos. Por isso, fez sentido aos reponsáveis da app criar o “University Challenge”. Assim, colocas a tua faculdade/escola e a partir desse momento, as tuas matches contam para o ranking da tua instituição do Ensino Superior. Esta informação não está disponível para ninguém, mas podes saber as estatísticas e, neste momento, quem está a ganhar é a Universidade do Minho com 177 alunos inscritos e 86 por cento de hotness.

A app é completamente gratuita e podes descarregá-la para Android e iOS.

[Fonte: ECO]
[Foto: YouTube / FMK]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*