Estes são os vencedores do Prémio Científico Mário Quartin Graça

0
21

A Casa da América Latina e o Santander Totta voltaram a distinguir teses de doutoramento realizadas em universidades de Portugal ou da América Latina. São quatro os investigadores premiados, de origem brasileira e portuguesa.

Diogo Canavarro, Fábio Fernandes, Aziz José de Oliveira Pedrosa e Naldeir Vieira são os vencedores da 8ª edição do Prémio Científico Mário Quartin Graça, uma parceria entre o Banco Santander Totta e a Casa da América Latina. Todas estas teses de doutoramento premiadas têm como denominador comum o interesse para as Universidades de Portugal ou da América Latina, e resultaram da colaboração entre universidades dos dois lados do Atlântico.

Diogo Canavarro e Fábio Fernandes, ambos portugueses, foram premiados ex-aequo na categoria de Tecnologias e Ciências Naturais. O Diogo apresentou na Universidade de Évora a tese Advances in the design of solar concentrators for thermal applications, uma dissertação com desenvolvimentos na análise de concentradores solares térmicos.
Por sua vez, Fábio Fernandes defendeu a tese na Universidade de Aveiro, sobre Análise Biomecânica de impactos com capacetes: novos materiais e geometrias. Neste trabalho estudou o comportamento da cortiça e avaliou a sua aplicabilidade em equipamentos de segurança pessoal, especialmente capacetes.

Aziz José de Oliveira Pedrosa, de nacionalidade brasileira, destacou-se na categoria de Ciências Sociais e Humanas com a tese de douramento A produção da talha joanina na Capitania de Minas Gerais – retábulos, entalhadores e oficinas, realizada na Universidade Federal de Minas Gerais. O investigador estudou retábulos existentes nas cidades de Caeté, Ouro Preto, Mariana, S. José Del Rei, Tiradentes, Ouro Branco e Santa Bárbara, tendo estudado também os entalhadores de maior destaque no período de 1730 a 1760.

Naldeir Vieira, também de nacionalidade brasileira, venceu na categoria de Ciências Económicas e Empresariais, com a tese Inovação social e desenvolvimento de competências em organizações da Sociedade sem Fins Lucrativos Brasileiras e Portuguesas, realizada na Universidade Federal de Minas Gerais. O autor analisou como o desenvolvimento de competências se articula com o desenvolvimento de inovações sociais em organizações da sociedade civil sem fins lucrativos brasileiras e portuguesas.

O júri atribuiu ainda uma menção honrosa ao cubano Eduardo Perera Gomez, com a tese Evolución histórica de la politica de la Unión Europea hacia Cuba (1988-2014), centrando-se no momento em que a UE se aproxima de Cuba e consegue um acordo de cooperação, abrindo assim a possibilidade do diálogo político.

A cerimónia de entrega do Prémio Científico Mário Quartin Graça decorrerá em dezembro deste ano, em data e local a anunciar.

[Foto: Organização]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*