Gordura corporal aumenta o risco de cancro

0
43

A conclusão é da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), no seguimento de um estudo desenvolvido no âmbito de um doutoramento em Metabolismo.

Os elevados níveis de gordura corporal estão diretamente relacionados com o desenvolvimento de cancro da pele. Esta é a principal conclusão de um estudo da FMUP. A investigação recorreu a modelos in vitro e in vivo e concluiu que as moléculas produzidas pelos adipócitos – assim se chamam as células responsáveis pelo armazenamento da gordura – aumentam a probabilidade de o tumor desenvolver vasos sanguíneos próprios, criando assim uma forma alternativa para que o melanoma cresça e, posteriormente, se multiplique.

O estudo concluiu ainda que níveis elevados de gordura corporal têm um efeito negativo na renovação das células, e que podem ainda reduzir a eficácia dos tratamentos, visto que a presença das moléculas que promovem o desenvolvimento de tumores aumenta também a probabilidade de as células cancerígenas sobreviverem a tratamentos de radioterapia.

[Foto: Faculdade de Medicina da Universidade do Porto]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*