Desejos que são ordens!

0
506

Força, partilha, esperança e alegria – estes são os principais valores da iniciativa Make-A-Wish, que quer proporcionar às crianças que mais precisam um momento de felicidade, em que tudo se torna possível. A Mais Superior quis apoiar esta causa e foi até ao Colégio do Oriente ajudar com as decorações de Natal. Porquê? Vem descobrir tudo!

A Make-A-Wish tem como principal objetivo ajudar a realizar os desejos de crianças e jovens, entre os 3 e os 18 anos de idade, com doenças graves, progressivas, degenerativas ou malignas. Para isso, a Make-A-Wish Vai à Escola, um projeto que quer espalhar a palavra (e a magia!) e “chegar a todas as crianças de norte a sul do país”, como explicou Mariana Carreira, Diretora Executiva desta Associação.

O que a Make-A-Wish faz é organizar um Concurso de Decoração de Natal Inter-Escolas, decorações essas feitas pelos alunos de cada escola, que serão colocadas pela escola na companhia das estrelas de Natal Make-A-Wish, que cada pessoa pode comprar pelo valor unitário de 1 euro.

A Make-A-Wish no Colégio do Oriente
O Colégio do Oriente é um dos colégios participantes neste concurso, e os seus alunos do 7º ano estão a desenvolver o projeto Mãos Unidas. No centro das mãos unidas, conforme nos explicou a Prof. Carla Ramos, estará a estrela Make-A-Wish, “a simbolizar a solidariedade que essas mãos devem partilhar com os que mais sofrem e mais precisam”.
No final, os corredores deste colégio vão estar “cheios de mãos unidas e de estrelas, o símbolo desta união que realmente tem tudo a ver com a época natalícia e com o verdadeiro sentido do Natal”.

Nesta como nas restantes escolas aderentes ao projeto, “os alunos vão decorar as estrelas, fazer uma decoração de Natal, e todos os donativos recebidos vão ser canalizados para a nossa realização de desejos”, explicou a Mariana Carreira. Depois do processo de decoração, é enviada uma fotografia para a Make-A-Wish e posteriormente, são selecionadas as 3 escolas vencedoras do prémio final.

A Mais Superior em ação!
Quisemos contribuir para esta causa e, para além de comprarmos as nossas estrelas, fomos ajudar os alunos do Colégio do Oriente nas decorações. Entre pinturas, recortes e colagens, demos vida às Mãos Unidas, uma ideia do Tomás Teixeira, aluno do 7º ano. Ele explica-te tudo:
Fui a uma visita de estudo ao Atelier Joana Vasconcelos, e quando estávamos a vir para o colégio, percebi que o nosso objetivo era representar o verdadeiro espírito do Natal. Nesse momento, passámos em frente a uma escultura, e eu tive a ideia de pôr as mãos e a palavra que queríamos proteger com as mãos por baixo.

Para além do Tomás, falámos com vários alunos empenhados nas suas decorações. Deixamos-te alguns exemplos do que pode ser feito nesta iniciativa da Make-A-Wish:

Estela Rodrigues
Agora estou a fazer tranças para cobrir as mãos, que são quatro, de duas pessoas diferentes e unidas, para mostrar que no Natal devemos estar todos unidos e ajudar todos tanto quanto possível. A Make-A-Wish funciona como uma espécie de génio, pois realiza desejos de crianças que precisam.

Pela nossa parte, aquilo que te podemos dizer é que as causas nobres devem ser sempre importantes para todos nós. No caso da Mais Superior, é essencial “fazer algo de importante, sobretudo na época natalícia, que é para as crianças e para os jovens”. Esta é a mensagem do nosso Diretor Comercial e Publicidade, Duarte Fortunato, e a de todos nós é de um Feliz Natal para ti. E não te esqueças de ajudar alguém!

[Reportagem: Beatriz Cassona]

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here