Um teste para a linguagem infantil desenvolvido pelo Ensino Superior

0
1316

A equipa de investigação da Universidade de Aveiro e do Instituto Politécnico de Setúbal fizeram uma parceria num estudo que permite avaliar, em cinco minutos, se as crianças desenvolveram a linguagem adequada à sua idade.Este instrumento desenvolvido chama-se Rastreio de Linguagem e Fala (RaLF) e é o único preparado para crianças que tenham o português europeu como língua materna, sendo aplicado a crianças com uma idade pré-escolar.

Esta investigação contou com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, sendo que este teste destina-se a auxiliar os profissionais de saúde e de educação a identificar perturbações em fase inicial, evitando o insucesso escolar.

Marisa Lousada, que dirige o Curso da Licenciatura em Terapia da Fala da UA explica que o RaLF tem exemplos concretos que ajudam a clarificar os diferentes itens em análise, permitindo aos profissionais que trabalham com crianças em idade pré-escolar consigam diagnosticar este problemas nas crianças e encaminha-las diretamente para a terapia da fala.

O RaLF tem o intuito de se dirigir a três faixas etárias: até aos 04 anos, até aos 05 anos e até aos 06 anos – que contêm indicadores, ou seja, capacidades de fala, sendo que cada uma destas faixas possuí um desenvolvimento linguístico em cada idade.

O instrumento que a empresa Edubox da Incubadora de Empresas da UA, está a ser preparado para a sua comercialização, sendo construído com base em dados linguísticos normativos e foi analisado a sua validade e fiabilidade.

Foto: [ Elif Turkey @ Flickr]

 

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*