Em dezembro, os rótulos dos alimentos vão mudar

0
537

A quadra natalícia traz um presente muito importante aos consumidores portugueses – a partir de agora, todos os rótulos vão passar a ter informação nutricional e lista de ingredientes completa do alimento, uma medida que surge de orientação europeia e que a bastonária da ordem dos nutricionistas aplaude.

Alexandra Bento, bastonária da Ordem dos Nutricionistas, destaca a importância de “aumentar a literacia” em relação às rotulagens e acredita que esta nova legislação poderá acabar por ter impacto positivo na saúde dos consumidores devido à “informação mais clara, precisa e objetiva. Acreditamos que os consumidores possam fazer escolhas mais acertadas e, eventualmente, a longo prazo e mais esclarecidos, possam fazer a substituição de alimentos menos saudáveis para mais saudáveis.”

Toda a informação nutricional – valor energético, lípidos, ácidos gordos saturados, hidratos de carbono, açúcares, proteínas e sal – terá de estar obrigatoriamente indicada nos rótulos de todos os alimentos a partir de dezembro.
Também os produtos alergénios passam a constar, especificados, na listagem de ingredientes, e não apenas sob a forma genérica de “pode conter vestígios”, e a data de congelação da carne, produtos à base de carne e produtos de pesca congelados passa a ter de estar explícita.
A dimensão dos caracteres também foi alvo de correção, e estes passam a ter uma dimensão mínima para facilitar a leitura dos rótulos.
A nova legislação contém ainda normas para a venda à distância, as vendas on-line, para “estar adequada aos dias de hoje”.

A Ordem dos Nutricionistas está a considerar a possibilidade de aproveitar a saída do regulamento para promover ações de formação e elaboração de guias de orientação para operadores — indústria, distribuição e restauração — e público em geral.

[foto: wikipedia ]

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here