Vinho da Madeira já tem ‘enólogo digital’

0
598

Uma equipa de investigadores das universidades de Coimbra (UC) e da Madeira (UMa), em parceria com a Madeira Wine Company, desenvolveu um modelo digital pioneiro que permite caraterizar e aprofundar o conhecimento sobre o processo de envelhecimento do Vinho Madeira.

Os investigadores propõem uma espécie de ‘enólogo digital’ “capaz de identificar a tendência evolutiva para o vinho em análise, tendência essa decorrente da complexidade das reações que ocorrem durante o seu processo de maturação. Permite saber, por exemplo, quais os compostos mais importantes para explicar o comportamento dinâmico do envelhecimento do Vinho Madeira e que podem ser considerados marcadores do seu estado de maturação”, explica a investigadora Cristina Pereira, acrescentando que “com o conhecimento detalhado das caraterísticas do Vinho Madeira é, inclusive, possível detetar práticas abusivas de comercialização, protegendo a identidade única deste produto de excelência”.

Outra mais-valia do modelo desenvolvido é ser uma ferramenta importante de auxílio aos enólogos, permitindo-lhes tomar decisões, em tempo útil, quanto ao futuro do vinho de uma determinada colheita (atendendo a que cada colheita é diferente, dependendo da zona de cultivo, das condições climatéricas, das leveduras, etc. e estas variáveis podem afetar o percurso do envelhecimento do vinho).

[Foto: Universidade de Coimbra]

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here