Nomes de papas há muitos

0
734

Numa altura em que o Vaticano anunciou que o conclave para escolher novo papa deverá acontecer até dia 15 de março, contamos-te como escolhem, afinal, estes pontífices da Igreja o seu nome.

O homem que foi batizado como Joseph Ratzinger e dá pelo nome de Papa Bento XVI resignou publicamente ao lugar de chefe da Igreja na passada semana, estando a sua saída marcada para o próximo dia 28 de fevereiro. Aproveitando esta notícia que tem abalado o mundo católico, contamos-te como escolhem os papas os nomes pelos quais querem ser tratados durante o seu pontificado.

A verdade é que esta tradição começou com Jesus Cristo, quando ele mesmo escolheu o pescador Simão como o primeiro papa, dando-lhe, a partir desse momento, o nome de Pedro (já que seria a pedra sobre a qual se ergueria a Igreja).

Atualmente, esta escolha de nomes papais pauta-se por dois critérios principais: a homenagem a apóstolos de Jesus Cristo (nomes como João, Paulo, João Paulo…),  e a vontade de continuar uma linha de pontificado de papas anteriores (João Paulo II traduz uma vontade de continuar a linha de pensamento e atuação do seu antecessor João Paulo I, por exemplo).

No caso do cardeal alemão Joseph Ratzinger, quando eleito papa, este escolheu (tal como 15 dos seus antecessores) o nome de Bento (Benedetto em italiano), numa clara homenagem a São Bento, conhecido por ser o padroeiro da Europa, tornando-se assim o papa Bento XVI.

[Foto: thekooza.com ]

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here