Universitários a pensar na reforma

0
475

À partida poderá soar-te assustador pensar na reforma. Se até a vida ativa ou de estudante está difícil de gerir, a longínqua realidade da reforma mais ainda. Mas pôr jovens universitários a pensar no assunto foi precisamente o objetivo do concurso Innovation in Retirement Award. Decorreu ontem e premiou a o projeto de quatro alunos da licenciatura em Gestão de Marketing na ISTCE Business School. Tudo a pensar na vida de aposentado.

É um dos temas político-sociais em destaque na agenda nacional e internacional e, por isso, o mote para o Innovation in Retirement Award, ou Inovar na Reforma, iniciativa do Grupo Caixa Seguros, no âmbito do programa Consciência Leve.

Desafiando as universidades e os estudantes a concentrar esforços na área da reforma, convidando-os a apostar numa vertente social e a traduzir o conhecimento em soluções inovadoras, o concurso levou ontem ao Auditório da Fundação Champalimaud 24 projetos, de diferentes instituições de Ensino Superior portuguesas.

Os participantes competiam por um prémio no valor de 7 mil euros (para além de uma bolsa de investigação, de 3 mil euros, para o docente que acompanhasse o melhor projeto), ficando à mercê de critérios como a inovação, a pertinência, a relevância e a exequibilidade da ideia.

Um grupo de quatro alunos da Licenciatura em Gestão de Marketing da ISTCE Business School, de Lisboa, constituído por Ana Lopes, André Lopes, Guilherme Ramos e João Faria, arrecadou a vitória final, depois de apresentar o seu “Plano de comunicação com foco na sensibilização para a importância das questões da reforma”.

Innovation Retirement Award
O concurso serviu para alertar os jovens universitários para a questão da reforma.

O plano para produtos de reforma apresentado pelo quarteto assentava na intenção de sensibilizar a população, comunicar o produto e criar mecanismos de adesão a esse mesmo produto. O grupo saiu vencedor com o acompanhamento de José Vicente Rodrigues, professor que assim ganha o direito à bolsa de investigação. Quanto aos alunos, para além dos 7 mil euros, conseguem ainda um estágio nas seguradoras Fidelidade-Mundial ou na Império Bonança com a duração de 3 meses.

A importância da reforma, a criatividade e o otimismo financeiro estiveram em lugar de destaque na entrega dos prémios.

[Fotos: Innovation in Retirement Award]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*