Google presta homenagem a Amadeo de Souza-Cardoso

1
1630

Faria hoje 125 anos. Amadeo de Souza-Cardoso nasceu a 14 de novembro de 1887 e deixou-nos uma obra que vai muito para além da morte, que lhe bateu à porta pouco antes de completar 31 anos de idade. Começou como caricaturista e terminou como um dos principais rostos da arte moderna em Portugal. Hoje, o Google, como todos nós, presta homenagem ao pintor.

Um genial artista, “a primeira Descoberta de Portugal na Europa no século XX”, escrevia em 1916 José de Almada Negreiros, precocemente desaparecido. Amadeo de Souza-Cardoso completaria hoje um século e um quarto de existência, o que, se não outra coisa, representa uma boa oportunidade para revisitares a obra do maior representante do modernismo português do princípio do século passado.

O jovem Amadeo até começou por se matricular em Arquitetura, em Lisboa, mas rapidamente cedeu aos encantos de Paris, passando a dedicar-se em exclusivo à pintura. Lá, influenciado pelas correntes vanguardistas e por artistas como o italiano Amedeo Modigliani, o francês Robert Delaunay ou o espanhol Juan Gris, Amadeo de Souza-Cardoso incorpora tendências como o expressionismo, o cubismo, o futurismo e o abstracionismo no seu trabalho.

Surpreendido pela 1ª Guerra Mundial, o pintor procura refúgio no país natal, acabando por fazê-lo em Amarante. Na altura, apesar dos anos conturbados, a pintura portuguesa vivia um período de enorme dinamismo, graças ao trabalho de artistas como Eduardo Viana, Almada Negreiros e Santa-Rita Pintor, ao impulso causado pelo movimento do Orpheu e, ainda, à presença de Delaunay, na altura em Vila do Conde.

Amadeo de Souza-Cardoso acabaria por ter uma ascensão meteórica, deambulando por novas formas e técnicas de expressão artística. Como tantos outros, viveu à frente do seu tempo, sofrendo as consequências que daí advêm. Hoje, em Portugal ou em Paris, é finalmente reconhecido.

Partilhar

1 COMENTÁRIO

  1. obrigada pelo vosso trabalho gostei muito no entanto gostaria de saber onde se encontra um quadro pintado por amadeu sousa Cardoso para sua avó sobre a aprição de Jesus a Santa Maria alaquoque

    em paray le monial perto de Lyon creio que o pintou para agradar a sua avó tive oportunidade de ver esse quadro há muito tempo numa publicação e até fiz fotócopias que dei a outras pessoas e fiquei com pena pois acho umquadro extraordinária na exposição da gulbenkian pensei que o iria rever mas não estava lá e não encontro rasto poderiam elucidar-me se o quadro está em casa de algum familiar ou seguiu outro rumo se puderem informar-me agradecia martadoespirito@gmail.com

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*