Porto junta liberdade e literatura

0
438

É no Porto e quer levar a literatura às pessoas. Ou as pessoas à literatura. “Livres como Livros” é o tema da iniciativa da Universidade do Porto (U.Porto) e da Câmara Municipal da invicta que pretende pôr os portuenses a ler e a debater literatura, convidando figuras de diversas áreas. Arranca dia 30 deste mês.

Não deixar que os livros se afastem e se encham de pó por uma qualquer prateleira, trazer a literatura para o centro do debate, colocar o livro na rota de cada um dos portuenses. É a isso que se propõe a iniciativa “Livres como Livros”, comissariada pelas docentes da Faculdade de Letras da U.Porto Isabel Pereira Leite, Isabel Morujão e Maria Luísa Malato, que vai tomar lugar pela primeira vez no próximo dia 30 de outubro, assentando arraiais até dezembro do próximo ano.

O evento está dividido em duas secções: uma delas, “Livros da Minha Vida”, consiste numa série de 15 sessões abertas onde várias personalidades da sociedade portuguesa ligadas à região vão partilhar experiências acerca de dois livros marcantes nas respetivas existências. A outra secção, que se chama “Arte de Sermos Livros”, levará duas ou três figuras por sessão a falar das experiências como escritores e como leitores.

De referir que todas as sessões decorrem na Biblioteca Municipal Almeida Garrett e estão abertas ao público, de forma livre e gratuita, necessitando apenas de inscrição prévia.

[Foto: noticias.up.pt]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*