Queer Lisboa dá segunda oportunidade

0
454

Terminou no passado fim de semana o festival de cinema Queer Lisboa, o único em Portugal dedicado exclusivamente à temática gay, lésbica, bissexual, transgénero e transsexual. O principal objetivo é dar a conhecer o que de melhor se faz pelo mundo nesta área e, entre hoje e amanhã, é dada uma segunda oportunidade aos que não conseguiram assistir ao festival – o Teatro do Bairro recebe os vencedores do Queer Lisboa 16.

Entre os dias 21 e 29 de setembro, Lisboa foi invadida por mais uma edição do festival de cinema Queer Lisboa, que assentou arraias em várias salas da capital, como o Cinema São Jorge, o Trombeta Bath, o Construction, o 49 ZDB (espaço de apoio à boémia Zé dos Bois), o Woof X, o Ritz Clube e o Teatro do Bairro.

E é precisamente neste último espaço, localizado em pleno Bairro Alto, que decorre entre hoje e amanhã uma espécie de best of Queer Lisboa 16, com a exibição dos filmes premiados nas competições para Melhor Longa-Metragem, Melhor Curta, Melhor Curta-Metragem Portuguesa e Melhor Documentário.

Para a última categoria acima citada, Jaurés, do francês Vincent Dieutre, foi o grande premiado, e será exibido logo à noite. Um pouco antes, por volta das 21h, será a vez de Bankers, a Melhor Curta-Metragem Portuguesa, da autoria de António da Silva. Para amanhã, feriado em homenagem ao dia 5 de outubro de 1910, o Teatro do Bairro abre as portas – a quem pagar 3,50 euros – para receber Along The Road, de Jerry Carlsson e Anette Gunnarsson, suecos autores da Melhor Curta-Metragem do festival. Pouco depois, é exibida a Melhor Longa-Metragem, de Ira Sachs, Keep The Lights On.

[Foto: facebook.com/qlisboa]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*