História de Portugal com auréola

0
714

De São Manços, hipotético mártir de quem se diz ter estado ao lado de Cristo na última ceia, a São João de Brito, missionário português do século XVII martirizado na Índia, passando ainda por Nuno de Santa Maria, cuja fé levou os portugueses à vitória de Aljubarrtota. Histórias de crença, arrependimento, entrega, morte e amor. É isto que promete o novo programa da RTP2 “Santos de Portugal”.

A série estreia já no próximo dia 6 de outubro e está composta por 10 docudramas de 30 minutos que nos narram a vida de 14 santos portugueses que influenciaram decisivamente a História de Portugal. São eles homens e mulheres que o topo da hierarquia católica reconheceu como santos – intermediários privilegiados entre Deus e os homens.

Mas então, afinal, o que é um santo? Por que é que o Cristianismo precisa de santos? Como nasceram? Que acontecimentos passados poderiam ser explicados à luz da ciência contemporânea e quais podem realmente ser chamados de milagres? Que lugar têm hoje os santos, no contexto de um mundo que parece ter deixado de acreditar?

Estas e muitas outras questões serão respondidas em “Santos de Portugal”. Para crentes e não crentes, o programa oferece recriações dos momentos-chave das vidas extraordinárias destes 14 homens e mulheres, complementadas por entrevistas a teólogos, sacerdotes, leigos, investigadores, escritores e jornalistas.

[Foto: RTP]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*