Um Porto para todos e para cada um

0
469

A forma de sentir as cidades varia consoante a experiência de cada um e a proposta a decorrer no Porto é que cada pessoa represente a sua própria visão. “Sou do Porto e trago um Porto em mim!” é uma mostra que pretende dar visibilidade às experiências do quotidiano através de som e imagens. De amanhã a 7 de outubro, o centro histórico do Porto recebe uma exposição fotográfica que mostra a cidade que existe em cada um dos jovens moradores.

“Sou do Porto e trago um Porto em mim!” é um projeto sociológico coordenado por Paula Guerra, docente da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP) e investigadora do Instituto de Sociologia (ISFLUP), cujo principal objetivo é dar voz aos jovens que habitam a cidade invicta e, em particular, o seu centro histórico, permitindo-lhes reclamar um espaço que lhes pertence.

Para isso, foi utilizado um método de recolha de dados através da fotografia e da voz, o Photovoice, que incitou os jovens participantes a apresentar a sua visão da cidade, literal e figurativamente. Entre os dias 4 e 27 de setembro, foram recolhidos os registos de imagem e de som, que estão agora prontos para ser apresentados até ao próximo 7 de outubro.

O local escolhido para a exposição é, como não podia deixar de ser, o centro histórico do Porto, onde serão colocados cartazes com fotografias do quotidiano, captadas pelos participantes, num jogo entre o real e o representado nas suas impressões fotográficas.

Além da intervenção no espaço urbano, a iniciativa merece destaque na Rádio Manobras (em 91.5 MHz), onde poderão ser ouvidas as bandas sonoras escolhidas para acompanhar estas representações.

[Foto: UP]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*