Jorge Amado lembrado em Braga

0
537

“Tieta do Agreste”, “Gabriela, Cravo e Canela” e “Capitães da Areia” são alguns dos sucessos do escritor Jorge Amado, agora com direito a uma homenagem na Biblioteca Pública de Braga, que promove, de julho a setembro, a exposição “100 anos de Jorge Amado (1912-2012)”. Onde fica? Na galeria do salão medieval da Reitoria da Universidade do UMinho (UMinho).

Jorge Amado nasceu em Itabuna, a 10 de agosto de 1912, e morreu em Salvador, a 6 de agosto de 2001. Foi um dos mais famosos e traduzidos escritores brasileiros de sempre, tendo a sua obra sido publicada em mais de 50 países e adaptada para televisão, cinema e teatro. O autor recebeu inúmeros prémios de literatura, como o Camões, Pablo Neruda, Lenine da Paz, Dimitrof, Cino Del Duca e de Latinidade.

A mostra bibliográfica e documental apresenta o percurso literário do autor e os reflexos da sua obra em Portugal, patentes em diversos relatos na imprensa e em publicações da especialidade, apresentando também a sua ligação à cidade de Braga, de que é exemplo a participação na abertura da Feira do Livro em março de 1993.

A exposição tem entrada livre.

[Foto: Universidade do Minho]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*