Diz AAAAAAAAAAA

0
686

Qual é pai ou a mãe que não fica todo babado quando o seu rebento consegue pronunciar a primeira palavra? Para delícia dos pais, mas também dos terapeutas da fala, a Universidade de Aveiro (UA) acaba de desenvolver o único instrumento testado e validado capaz de analisar a capacidade de produção de sons orais das crianças portuguesas em idade pré-escolar.

O Teste Fonético-Fonológico – Avaliação de Linguagem Pré-Escolar (TFF-ALPE) já se assume como um teste fundamental no rastreio, avaliação e diagnóstico das perturbações articulatórias e fonológicas das crianças portuguesas.

“É essencial fazer uma avaliação nesta faixa etária, porque os problemas que ocorrem nestas idades em termos fonético-fonológicos podem, mais tarde, ter uma repercussão na aprendizagem da leitura e da escrita”, explica Marisa Lousada, uma das investigadoras da Escola Superior de Saúde da UA, responsável pela criação do TFF-ALPE. Assim, “quanto mais cedo se identificar uma perturbação na criança, mais cedo se pode iniciar a terapia, evitando com isso repercussões negativas na altura da aprendizagem da leitura e da escrita”, diz a docente da UA.

A ferramenta, que vem acompanhada dum manual de utilização e é constituída por um livro de imagens (que induzem a produção de sons nas crianças) e pelas respetivas folhas de registo dos resultados, pode ser usada por terapeutas da fala, educadores de infância, psicólogos e outros profissionais de saúde e da educação. O objetivo é fazer o despiste das perturbações entre as crianças e, caso seja necessário, encaminhá-las para os profissionais mais adequados.

O ALPE foi desenvolvido no âmbito de dois projetos de investigação financiados pela Fundação Calouste Gulbenkian e pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia e Ministério da Educação e Ciência. No grupo de investigadoras que lhe deu forma, para além de Marisa Lousada, estão também Ana Mendes, Elisabete Afonso e Fátima Andrade.

[Foto: Universidade de Aveiro]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*