Prémio com muita saúde

0
568

Inês Correia de Sá venceu hoje a Bolsa D. Manuel de Mello, no valor de 12500 euros. A investigadora e docente da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) foi distinguida pelo seu trabalho sobre o processo de cicatrização da pele, durante uma cerimónia que decorreu no auditório do hospitalcuf porto.

“O estudo tem como objetivo final o desenvolvimento de novas estratégias terapêuticas que possam alterar o curso da cicatrização em doentes submetidos a cirurgia ou vítimas de queimaduras extensas que desenvolvam tecido cicatricial aberrante, já que as abordagens terapêuticas existentes na atualidade são amplamente mal sucedidas”, explica Inês Correia de Sá.

A docente da FMUP, que frequenta também o Internato Complementar em Cirurgia Plástica, explica que, nesses doentes, ocorre, por vezes, o desenvolvimento anormal de tecido durante o processo de cicatrização, o que “afeta o resultado, não só a nível estético como funcional, limitando de forma importante a qualidade de vida ou mesmo a sobrevida destes indivíduos”.

O projeto vai ser desenvolvido no Departamento de Farmacologia e Terapêutica da FMUP em parceria com o Serviço de Cirurgia Plástica e Reconstrutiva do Centro Hospitalar de S. João, sob a orientação de Maria Augusta Vieira Coelho, professora da FMUP.

A Bolsa D. Manuel de Mello é atribuída anualmente com o objetivo de contribuir para o avanço das Ciências da Saúde e destina-se a premiar jovens médicos, até aos 35 anos, que desenvolvam projetos de investigação clínica, individualmente ou integrados em equipas, no âmbito das Unidades de Investigação e Desenvolvimento das Faculdades de Medicina portuguesas.

[Foto: LPM ]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*