Na Internet ninguém nos ganha

0
491

Portugal é um dos vencedores do Euro 2012… Nas redes sociais. Não será a mesma coisa que cantar vitória dentro das quatro linhas, mas a verdade é que, na performance online, os portugueses brilharam. O estudo “O Euro 2012 nas Redes Sociais” coloca Portugal e Inglaterra no topo e mostra que, no que respeita a jogadores, mais uma vez, Cristiano Ronaldo não dá hipótese à concorrência.

O jovem madeirense, jogador da Seleção Nacional e do Real Madrid, alcançou 22% das referências online a jogadores durante o Euro 2012, que decorreu na Polónia e na Ucrânia. Cristiano Ronaldo até começou com a cotação em baixo, tal como Paulo Bento, mas ambos foram conquistando os críticos à medida que os jogos passavam (com destaque para os dias seguintes à partida com a República Checa), acabando por sair em grande da competição.

O facto de CR7 ser um dos jogadores mais mediáticos do mundo ajuda a explicar a boa classificação portuguesa neste moderno campeonato: “estima-se que a referência a Portugal tenha sido vista por mais de 370 milhões de pessoas em todo o mundo”, garantem os autores da investigação, autoria da empresa de marketing digital Inesting.

Ainda no capítulo das seleções, se as redes sociais fossem critério de apuramento, a Polónia teria ganho o grupo A (em vez de ter perdido na própria ‘casa’), Portugal teria, claro está, ficado em primeiro no grupo B, a Espanha, como é hábito, passearia alegremente pelo C e a Inglaterra consagrar-se-ia no último grupo.

Portugal Euro 2012
Jogadores portugueses bem podem agradecer apoio no estádio e na Internet

É disto que o povo gosta

Para além de uma Seleção com queda para a Internet, também o povo português gosta de se expressar em páginas como o Twitter, Facebook, YouTube, Google+, Picasa, Friendfeed, Flickr e blogues. As vitórias foram celebradas entusiasticamente, com inúmeras manifestações online, mas a derrota na meia-final com a Espanha, apesar de toda a emoção envolvida, não mereceu grandes comentários.

E se, no final, Cristiano Ronaldo se apresentou em boa forma, Miguel Veloso foi alvo de críticas, tendo sido o nome de Hugo Viana várias vezes referido como o substituto ideal (apesar de jogarem em posições ligeiramente diferentes, o que pode indicar a falta de soluções do ‘banco’ português). Bosingwa, que nem sequer foi convocado, devido aos problemas que mantém com Paulo Bento, foi considerado o defesa direito preferido dos cibernautas portugueses.

[Fotos: futebolportugal.clix.pt e ojogo.pt]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*