E o vencedor FATAL foi…

0
590

O Teatro da Academia da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viseu (IPV), com a peça “Woyzeck”, de Georg Büchner. O Grande Prémio do 13º FATAL – Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa consagrou, assim, o melhor espetáculo designado pelo júri do certame. Esta vitória acontece precisamente no ano em que o Teatro da Academia cumpre 20 anos de vida.

Muito longe de ser principiante neste festival,  o Teatro da Academia já vencera, na sua anterior participação, o “Prémio Fatal 2010 – Distinção do Público”, destinado a consagrar o espetáculo melhor pontuado pelos espectadores.

Este ano, o júri do FATAL 2012 deliberou atribuir a maior distinção “PRÉMIO FATAL 2012”, galardão concedido ao melhor espetáculo apresentado no Festival, à peça “Woyzeck”, de Georg Büchner, uma performance do Teatro da Academia da Escola Superior de Educação do IPV, com encenação de Jorge Fraga.

O prémio – que distingue o trabalho e a dedicação, mas também o talento, o engenho e a criatividade de todos os que tornaram possível esta vitória – junta-se à celebração dos 20 anos de vida do Teatro da Academia do IPV, assim que parabéns a todos!

[Foto: Instituto Politécnico de Viseu]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*