Tese ‘minhota’ elogiada em França

0
535

Helena da Silva, doutorada pela Universidade do Minho (UMinho) e pela École des Hautes Etudes en Sciences Sociales, vai ser premiada em França pelo estudo (redigido totalmente em francês) “Do curandeiro ao diplomado: história da profissão de Enfermagem em Portugal (1886-1955)”.

O galardão distingue, a cada dois anos, investigações de qualidade no âmbito da História dos Hospitais e vai ser entregue pela Federação Hospitaleira de França, Sociedade Francesa da História dos Hospitais e Assistência Pública – Hospitais de Paris. A cerimónia acontece na quinta-feira, dia 24 de maio, em Paris.

O estudo “Do curandeiro ao diplomado: história da profissão de Enfermagem em Portugal (1886-1955)” teve como objetivo analisar a evolução histórica da Enfermagem no meio hospitalar português, comparando-a aos casos da França e do Reino Unido. A investigação apontou para uma intervenção constante do domínio político, religioso e médico na Enfermagem em Portugal, bem como para uma presença considerável de efetivos do sexo masculino nesta área, contrariamente ao que acontece com os franceses e britânicos.

“Este prémio é um reconhecimento internacional do meu trabalho, uma recompensa que reconhece a qualidade da tese redigida totalmente em francês. É talvez um presságio de futuros projetos e, espero, da publicação da tese em livro. É também um reconhecimento internacional da qualidade da investigação e dos investigadores da UMinho nos vários domínios do saber”, acrescenta.

[Foto: UMinho]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*