Entre o perder e o estar perdido

0
586

O que significa o luto? Como enfrentar o nascimento dum filho deficiente? E se, de repente, nos diagnosticassem seis meses de vida? A perda é algo com que nunca contamos, mas que pode sempre bater à porta de qualquer um. Para debater a temática das perdas com significado pessoal profundo, a Universidade de Aveiro (UA) (por intermédio da Escola Superior de Saúde), a Sociedade Portuguesa de Estudo e Intervenção do Luto (SPEIL), o Observatório do Luto em Portugal (OLP) e a Associação Espaço do Luto, promovem o Congresso “O Luto em Portugal”, nos dias 4 e 5 de maio, no Auditório da Reitoria da UA.

Esta iniciativa inédita visa trazer para o debate público e para a análise científica a temática alargada do luto – um processo de reação a perdas com significado pessoal profundo ocasionado pela morte, o divórcio, o aborto natural, o nascimento e convivência com filhos deficientes, a doença terminal, a ablação dum seio ou outras amputações e paraplegias acidentais, a desvalorização social, o desemprego e o não reconhecimento de competências.

O programa inclui duas conferências sobre “A perda trágica e a busca do significado” e “O apoio às crianças em luto e aos seus familiares”, proferidas por Robert Neimeyer, professor da Universidade de Memphis, e por Danai Papadatou, professora da Universidade de Atenas, respetivamente.

Além de cinco mesas-redondas que bordam os temas “Conselheiros do Luto: uma premência em Portugal”, “A terapia do luto”, “O luto em idade escolar: preditor de conflito, insucesso e abandono”, “O luto de familiares de pessoas com necessidades especiais” e “O luto dos cuidadores e interventores na morte”, estão ainda incluídas duas oficinas sobre “Aprender com a perda: estratégias para a terapia do luto”, dirigida por Robert Neimeyer, e sobre “Morte na escola: intervenções psicossociais em situações traumáticas ou em desastres”, por Danai Papadatou.

Durante os dois dias de congresso estarão disponíveis Conselheiros do Luto à disposição de enlutados que desejem apoio para as suas perdas.

[Foto: Midpath @ Flickr]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*