Não nos corte o passe Sub-23, Senhor Ministro!

0
487
Passe Sub-23 | ©Samuel Alves

Foram 6 mil as assinaturas entregues pelos estudantes da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa no Ministério da Educação contra a extinção do passe Sub-23, em vigor desde setembro de 2009, e que permitia aos universitários um desconto de 50% no valor da tarifa total dos transportes.
“Nós não fazemos a análise disto isoladamente no ano letivo: nós temos um aumento de propinas, temos uma redução no número de bolsas e no valor das bolsas e agora mais isto, em que os alunos além de terem um aumento de 50% no valor dos passes têm um aumento do valor nos transportes… Portanto estranho era os alunos não se manifestarem acerca disto!”, diz Alexandre Tavares, Membro da Direção da Associação de Estudantes (AE) da FLUL. O também aluno do 3º ano de Ciências da Cultura acrescenta ainda que isto “é muito complicado o aumento das dificuldades dos estudantes e o aumento do custo de vida para estudantes a frequentarem um ensino superior que antes pagavam 60 euros de passe e agora têm de pagar 120 ou 130 euros.”

Sara Covas, igualmente Membro da AE da FLUL e aluna do 1º ano de estudos portugueses e Lusófonos fala ainda do timing escolhido pelo Governo para a tomada destas medidas ser no mínimo hilariante – em altura de exames – mas garante que os alunos do ensino superior andam atentos e não vão ficar parados sem lutar pelos seus direitos “escritos na Constituição da República Portuguesa”, sublinha Alexandre, referindo que “cada vez menos estudantes podem frequentar este ensino superior por questões financeiras, ainda por cima!”.

[ Foto: Samuel Alves ]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*