A DriveNow arranca hoje em Lisboa. Sabes o que é?

0
33

Trata-se de uma solução de carsharing que começa a funcionar hoje em Lisboa, e permite-te usar um carro para te deslocares do ponto A ao ponto B sem grandes complicações.

Quando queres deslocar-te em Lisboa, são várias as hipóteses que tens à tua disposição. Metro, comboio, autocarro, táxi, Uber, tudo depende de onde estás, para onde vais, e quais são as tuas necessidades.
E se precisares de mais flexibilidade? Precisas de apanhar dois ou três amigos pelo caminho, e fazer uma paragem? Ou queres simplesmente maior liberdade e até nem te importavas de conduzir um Mini ou um BMW para cumprires o trajeto?

A partir de hoje, tens mais uma opção disponível. Chama-se DriveNow, opera numa área de cerca de 50 quilómetros quadrados entre a Segunda Circular e o rio Tejo (com duas exceções – a inclusão de Telheiras e do Lumiar e a exclusão de Chelas e dos Olivais), e dá-te um Mini ou um BMW para as mãos para que possas deslocar-te.

Como? O primeiro passo é registares-te no site da Via Verde – se já fores cliente, salta este passo – e depois fazes o download da app DriveNow. Reservas a viatura que pretendes, deslocas-te até ao local que consta na app e desbloqueias o automóvel introduzindo o PIN indicado. E é tudo o que precisas de fazer antes de começares a conduzir!
A partir daí, resta-te cumprir o teu percurso e, na altura de estacionar, podes fazê-lo em qualquer sítio, desde que não estejas a cometer uma infração, claro. As zonas com parquímetro também são válidas e não terás de te preocupar com isso, uma vez que a DriveNow tem protocolo com a EMEL.
No final, bloqueias o carro com o mesmo PIN e podes escolher uma de duas opções: ou fechas o contrato ou reservas o automóvel para uma nova viagem, pagando uma taxa pelo tempo em que ele estiver estacionado.

O preço é contabilizado ao minuto – 29 cêntimos por minuto para um Mini, 31 cêntimos para um BMW Série 1 e 34 cêntimos para um BMW Série 3. Neste valor já está incluído o combustível, o seguro e o estacionamento, e poderás ainda pagar 1 euro extra caso queiras salvaguardar-te de qualquer “toque” que possas dar, usufruindo assim de seguro contra todos os riscos e sem franquia.
Para teres uma noção melhor, estes preços significam que pagarás 4,06 euros por uma viagem entre Belém e o Cais do Sodré que dure 14 minutos, ou 5,22 euros num trajeto entre Telheiras e o Rato que dure 18 minutos, ou ainda 7,54 euros num percurso entre o Parque das Nações e o Saldanha que demore 26 minutos, de acordo com exemplos dados pelo Jornal Económico.

Atenção que, para poderes conduzir um automóvel DriveNow, terás de ter carta de condução há mais de um ano.

[Fonte: DriveNow e Jornal Económico]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*