Indie Music Fest já fechou o cartaz

0
26
Indie Music Fest já fechou o cartaz

O maior micro festival português cresce a cada ano que passa e para fechar o cartaz apresenta 12 artistas que se juntam a nomes como Manuel Fúria & Os Náufragos e Conjunto Corona.
Eram 27 artistas, agora são 39. A tua Mais Superior diz-te porque é que não podes perder este Festival:

via GIPHY/Facebook Indie Music Fest

A banda lisboeta The Poppers leva o rock n’ roll ao Porto, tal como o seu novo álbum “Lucifer”.

Os Nice Weather for Ducks são uma amálgama de sons, ritmos e vozes, deixando-se ir livremente na corrente da música.

Tiago Vilhema é membro da banda Savanna mas vai ao Indie a solo com o pseudónimo George Marvison.

Outro artistas que vai atuar sozinho é Mr. Gallini, ele que também é baterista dos Stone Dead. O seu estilo é mais ligado ao psych harmonioso.

Os FUZZIL são de Alcobaça e dão dão rótulos ao seu estilo de música, baseando-se no psicodélico dos anos 60 e 70 e também na panóplia dos anos 90.

Claro que ao Indie, têm de ir bandas que toquem indie (rock), e este é o caso de Flying Cages que vão apresentar o seu segundo álbum de estúdio “Woolgather”.

Luís Leitão muda de nome para Foque e não larga os instrumentos convencionais, mas larga o rock de modo a ter maior liberdade criativa.

Não é o homem dos mil instrumentos, mas é quase o dos mil projetos. Luís Montenegro vai ao Festival com o nome de Rapaz Ego, e para além disto, faz parte dos Salto, do projeto de eletrónica Lewis M. eE toca na banda de Capicua.

Moda Americana não veio para tocar modas mas sim trazer uma sonoridade psicadélica moderna ao Indi Music Fest.

Os India Rubber são de Vila do Conde e desde 2015 levam o rock psicadélico a todo o país, tendo editado o segundo álbum “Pelsúun” em maio deste ano.

Eden Lewis II junta Funk, Soul, Jazz, RnB e Hip Hop para dar um novo ritmo ao Porto.

Para finalizar há Pás de Problème, com uma música envolvente de nómada que abarca os ritmos da música cigana e africana.

O Festival vai acontecer no Bosque do Choupal, em Baltar (Porto) de 31 de agosto a 2 de setembro. Para venda há apenas um tipo de bilhete, passe 3 dias, que tem o custo de 30 euros. Este passe dá direito a uma t-shirt do festival, mas apenas para os primeiros 150 festivaleiros.

O Indie Music Festival tem acordos com hotéis, a CP (2 euros ida e volta nos comboios urbanos) e, para quem quiser, campismo. Para além dos concertos, há também uma piscina, espaço agradável para se descansar ao sol e animação durante a tarde.

[Foto: Divulgação]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*