Estes são os vencedores da Uniplaces Scholarship

0
12

Eles são estudantes de todo o mundo, e todos ganharam uma bolsa de alojamento da Uniplaces graças à bondade que demonstraram.

Ao longo de três meses, mais de 1.500 estudantes de 158 países candidataram-se à Uniplaces Scholarship, uma bolsa de alojamento que apoia a mobilidade de estudantes internacionais e incentiva a prática de boas ações, com um semestre completo de alojamento gratuito.

Já foram escolhidos os dez vencedores, e há um português entre eles. Chama-se André, e viajou para Milão no verão passado com o objetivo de ensinar inglês e funcionalidades básicas de TI a refugiados adolescentes e adultos. Mais do que professor, tornou-se um amigo para muito deles, inclusive para Ousman, um rapaz da Gâmbia que tem o sonho de se tornar rapper.

Os restantes vencedores da Uniplaces Scholarship foram:
Lucas, Brasil: “Boas ações geram boas ações” é o lema de vida de Lucas. O estudante apoia jovens brasileiros desfavorecidos na aprendizagem da língua portuguesa. Criou também um canal de YouTube, Pensarolando, que tem como objetivo partilhar os seus conhecimentos e experiências enquanto estudante de Direito, que conta já com 1.800 subscritores. Fundou a UFF, compartilha!, uma comunidade no Facebook para partilha de materiais e outros recursos escolares.
Kafui, Gana: Utilizou os seus conhecimentos e experiência enquanto estudante de moda para criar uma parceria com a Fundação Pervita, e organizar um desfile solidário para o orfanato local Power of Love Home em Tema, no Gana. Kafui utilizou os lucros da sua marca de moda, House of Kendy, para disponibilizar tecidos, proporcionando em simultâneo alegria, capacitação e confiança a crianças entre os 6 e 13 anos de idade.
Geo, India: Este estudante organizou um conjunto de workshops sobre redes sociais e blogging, duas das suas grandes paixões. Os workshops contaram com a participação de mais de 200 estudantes. Paralelamente, Geo ainda conseguiu arranjar tempo para organizar sessões de employment training com empresas locais, para ajudar estudantes universitários que estavam a terminar os seus cursos.
Graziella, França: Em conjunto com dois amigos, Graziella criou a Students’ Shop, em Nantes-França, uma organização sem fins lucrativos para apoiar estudantes nacionais e internacionais que estavam a entrar no Ensino Superior, com o objetivo de ajudá-los a encontrar alojamento a preços baixos. Dependem exclusivamente do donativo de colegas, da universidade e de eventos de angariação de fundos.
João, Brasil: Após realizar sessões de estudo com estudantes de Engenharia, João criou uma plataforma educativa premiada – Engenharia Fácil, que faculta recursos de estudo, teorias e resumos, exercícios e questionários para estudantes da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente com três anos de existência, a Engenharia Fácil já alcançou 250 mil alunos, oriundos de mais de 150 faculdades.
Beatriz, Brasil: Quando se apercebeu de que o Brasil figurava na 88ª posição de 127 no índice de Desenvolvimento de Educação para Todos da UNESCO, Beatriz tornou-se na líder de um programa de empreendedorismo para crianças, o Esag Kids. Para além de ajudar a desenvolver os seus conhecimentos empresariais, o programa visa criar confiança, autodeterminação e proporcionar capacidades reais a crianças em Niterói, no Rio de Janeiro.
Enrique, Perú: Este estudante de Ciências Genéticas tem desenvolvido atos de bondade desde os 13 anos, quando começou a fazer voluntariado com crianças, idosos e pacientes locais em hospitais locais. Atualmente é conselheiro na Universidad Nacional Mayor de San Marcos, onde apoia estudantes economicamente desfavorecidos, entre outras funções.
Philina, Alemanha: Com um background em ciências, Philina faz voluntariado na Nakayale Private Academy, na Namíbia, com o objetivo de lançar as bases de um estudo médico para o desenvolvimento de crianças locais, especificamente no que se refere às suas habilidades motoras. Fundou também um programa de apoio chamado Build a Nest, Build a Future, em parceria com o ASC Göttingens, um programa-mãe de apoio a crianças através da educação.
Mario, Espanha: Com o apoio de outros estudantes, criou uma organização voluntária chamada Stages. As atividades incluem a disponibilização de alimentos e bebida a moradores locais, um programa big brother para apoiar as aulas da escola primária local e eventos de angariação de fundos. A Stages incentiva estudantes de intercâmbio a participar, para terem uma experiência local significativa em Pamplona.

[Foto: Uniplaces]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*