Castelo Branco está mais bonita

0
1091

Porquê? Porque pelo terceiro ano consecutivo, a Escola Superior de Artes Aplicadas (ESART) do Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) está a desenvolver técnicas de Vitrinismo em estabelecimentos comerciais situados no centro da cidade de Castelo Branco. 

O objetivo? Promover a integração dos alunos em contextos reais de trabalho, desenvolvendo soluções de Design para o comércio tradicional.
A iniciativa resulta de uma parceria com Associação Comercial e Industrial de Castelo Branco (ACICB). O projeto deste ano envolveu a realização de 11 montras em lojas localizadas na Rua Mouzinho Magro, na Alameda da Liberdade, na Rua São Jorge, na Rua Rei D. Dinis, na Rua Presidente Sidónio Pais e na Rua João Carlos Abrunhosa.

Os trabalhos realizados envolveram os alunos do 2º ano da Licenciatura em Design de Interiores e Equipamento da ESART, no âmbito da Unidade Curricular de Vitrinismo. O trabalho dos alunos consistiu na conceção, execução e montagem de um espaço expositivo, tendo os projetos sido orientados pelas docentes Ana Cristina Daré e Rita Vasco.

Na loja Lina & Roque – Utilidades domésticas, participaram os alunos Angelina Araújo, Cynthia Silva, Daniela Morari, Rafaela Verdade e Raquel Marques; na Boutique Modisa, Ana Farinha, Maria Fernandes e Rafaela Malheiro; na Kid Cooll, Ângela Silva, Cátia Mesquita, Sara Cecílio e Telma Sebastião; na Retrosaria Gama, Carla Oliveira, Raquel Crespo, Jonas Guerreiro, Miguel Lopes, Daniel Claro e Carlos Manuel; na Drogaria Albicastrense, Ana Sousa, Sabrina Nunes, Beatriz Silva, Filipa Bernardes, Isabel Ambrósio, Rubina André, Ana Afonso, Katarzyna Swierczynska, Salvador Figueiredo e Patrycia Budzinska; no espaço O sonho de criança, Eduardo Reis, Vanessa Conde e Diogo Marques; na Óptica Lucas, Joana Cardoso, Joana Carmo, Marisa Cardoso e Tatiana Santos; e na Óptica Campos, Pedro Gomes Bairros, Cátia Pé-Leve e Diogo Sousa.

A iniciativa decorre entre os dias 3 e 23 de junho, coincidindo com a Feira dos Sabores de Perdição.

[Foto: IPCB]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*