Para condutores ‘aplicadinhos’

0
484

Agora, já há uma aplicação que aponta ao condutor os erros que cometeu, quase instantaneamente, e que, ao mesmo tempo, lhe dá dicas de como conduzir de forma a poupar energia e combustível. Uma ideia que mereceu um prémio internacional e que saiu da cabeça de dois estudantes da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP).

Ângela Igreja e Rui Araújo resolveram juntar esforços e os conhecimentos adquiridos em Engenharia Informática e em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores, respetivamente, para criar a “Driving Coach” – a aplicação que quer auxiliar e aconselhar, em tempo real, o condutor a seguir estratégias de condução mais eficientes.

Para chegarem ao resultado final, contaram com a ajuda de Ricardo de Castro (estudante do Programa Doutoral em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores) e Rui Araújo (Professor do Departamento de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores).

“Começámos por conectar o smartphone ao veículo, através de um conversor Bluetooth- OBD-II, “On-Board Diagnostics”, o que nos permitiu aceder a medições precisas sobre a velocidade do veículo, consumo energético, posição do pedal acelerador, entre outras variáveis de interesse. Estes dados são, posteriormente, utilizados para determinar características e estatísticas de condução, as quais servem de base para classificar a eficiência energética do veículo e inferir o nível de eficiência do condutor”, explicam-nos os autores do projeto.

Este trabalho mereceu o 1º prémio do Concurso Android da Electrical Engineering STudents’ European AssoCiation (EESTEC), onde concorreu com mais de 200 projetos. A ideia surgiu e foi desenvolvida para o concurso nacional “Galp PT Innovation Challenge”, no qual ficou em 5º lugar. Por agora, os dois jovens empreendedores só pensam em introduzir o “Driving Coach” no mercado.

[Foto: facebook.com/AndroidCompetition]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*