Festivaleiros rumam a norte

0
457

No Parque da Cidade do Porto, está tudo a postos para receber os festivaleiros. Mais logo, ao final da tarde, acendem-se as luzes e começa a ouvir-se música, porque arranca a segunda edição do Optimus Primavera Sound.

Em Barcelona, o evento já se realiza há 12 anos e muitos dos artistas que por lá passaram consideram-no o melhor festival e um dos mais independentes e alternativos. Por cá, são três dias de festival (que só arreda pé do Porto no sábado, dia 1 de junho), quatro palcos e mais de 50 bandas que prometem fazer-te abanar o capacete e tirar os pés do chão.

Esta noite o recinto acolhe atuações dos Dead Can Dance, Nick Cave & the Bad Seeds, James Blake e muitos outros. Amanhã é dia de Blur, uma das bandas mais aguardadas, mas há tempo para outros nomes subirem aos palcos, como Mão Morta, Grizzly Bear ou Fuck Buttons. No último dia, o Parque da Cidade recebe os My Bloody Valentine, Explosions in the Sky, Dinosaur Jr. e muitas outras atrações musicais.

Cerca de 20 mil já confirmaram a sua presença para cada um dos dias, mas há espaço para mais 1, 2 ou 5 mil (sim, o festival tem capacidade para albergar 25 mil pessoas por dia). Apesar da lotação ainda não estar esgotada, os números já dão para a organização fazer a festa, porque superam, em 20%, a edição do ano passado.

[Foto: optimusprimaverasound.com]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*