Um Ensino cada vez melhor

0
421

O Ensino Superior português está a melhorar cada vez mais, de acordo com o ranking da Universitas 21. O nosso país subiu um lugar este ano, do 23º para o 22º lugar, com 59,1%.

Aliás, comparando com o ranking de 2012, Portugal melhorou em todos os aspetos que são avaliados nesta competição. Subiu três lugares nos “recursos investidos” (do 23º para o 20º, com 59,1%) e na “conectividade e internacionalização” (do 24º para o 21º, com 57,5%), dois no “contexto”, que diz respeito à percentagem de mulheres alunas e docentes das instituições de Ensino Superior (do 21º para o 19º, com 89,3%), e um nos “resultados” (do 28º para o 27º, com 34,7%). Esta última categoria engloba o número e impacto dos artigos produzidos, o número de Escolas no Ranking de Shanghai, a excelência de investigação da melhor Universidade e as percentagens de inscritos entre os 18 e os 23 anos, com mais de 24 anos e com formação superior e de desempregados nos diplomados.

Este ranking é liderado pelos EUA (100%), que são seguidos por Suécia (85,2%), Suíça (81,6%), Canadá (80%), Dinamarca (79,8%), Finlândia (79,4%), Holanda (78,2%), Austrália (77,2%), Singapura (76,6%) e Reino Unido (74,9%). É também de salientar que nuestros hermanos espanhóis estão apenas dois lugares à frente de Portugal (20º, com 60,5%) e que o Brasil é 41º, com 45,6%.

“O estudo vem confirmar a qualidade das instituições de Ensino Superior portuguesas e da rede instalada no panorama mundial”, salienta o Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP). Podes ver aqui o relatório na íntegra.

[Foto: Universitas 21]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*