Projetos que salvam vidas nas estradas

0
743

“Segurança dos utentes vulneráveis: peões” é um deles. O trabalho de Paulo Francisco, do Instituto Superior Técnico (IST), foi o grande vencedor do concurso Mais vale perder um minuto na vida, do que a vida num minuto!, lançado pela Fundação da Juventude.

Inserido na Segunda Semana Mundial da Segurança Rodoviária das Nações Unidas, o concurso pretendia motivar-te a realizar trabalhos que traçassem novas abordagens na área da Educação, Segurança e Prevenção Rodoviárias e apelar à tua participação para a diminuição dos acidentes e das mortes nas estradas portuguesas.

O aluno do IST venceu o desafio e, como recompensa, recebeu um prémio no valor de mil euros. O segundo posto foi ocupado por Adelaide Ajú, Ana Silva e Camila Vedana, da Universidade da Beira Interior (UBI), com o projeto “A sinistralidade rodoviária e os troços em obras”. As estudantes arrecadaram um prémio de 300 euros. Já o último lugar do pódio ficou reservado para Daniel Guerra, Mário Mateus e Rita Antunes, da Universidade de Évora (U.Évora) com o trabalho “Priming no controlo de velocidade: uma nova abordagem interventiva”, que receberam 300 euros.

O concurso da Fundação da Juventude ainda consagrou o projeto “Safe Concept Rale” de Pedro Gonçalves, do Instituto Politécnico da Guarda (IPG), com o Prémio Inovação, num valor de 2 mil euros. A cerimónia da entrega dos troféus decorreu na passada sexta-feira, 10 de maio, na Sala de Reuniões do Pavilhão Central do IST.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=h_X4qsVrkXU]

[Foto: Universidade da Beira Interior]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*