Dedicação à Engenharia Química vale distinção

0
663

Os contributos de Sebastião Feyo de Azevedo para a educação da Engenharia Química, na Europa, levaram-no ao sucesso. O Diretor da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) foi galardoado com a “Dieter Behrens Medal”.

O galardão, atribuído durante a abertura da “ECCE9-European Conference in Chemical Engineering”, no passado domingo (21 de abril), em Haia (Holanda), tem o objetivo de reconhecer as contribuições significativas para o desenvolvimento da Engenharia Química na Europa.

Para a obtenção do prémio muito contribuíram os cerca de 14 anos que Sebastião Feyo de Azevedo tem como membro ativo e Presidente (entre 2007 e 2010) do Grupo de Educação em Engenharia Química, bem como o auxílio para a reorganização do Ensino Superior Europeu durante o processo da Declaração de Bolonha. A “Dieter Behrens Medal” foi entregue por Richard Darton, ex-diretor do Departamento de Engenharia da Universidade de Oxford e atual presidente da Federação Europeia de Engenharia Química (EFCE).

“Durante 10 anos explorei o conceito de desenho de cursos, ou de oferta formativa, tendo como referência a visão integrada de quadros de qualificações a nível da base (Engenharia Química), setorial (Engenharia) e global (meta–estrutura proposta no quadro do processo de Bolonha)”, explica o diretor da FEUP. Sebastião Feyo de Azevedo torna-se, assim, o primeiro português, e a quinta personalidade, a receber o Prémio mais honroso da EFCE.

O Professor Catedrático de Engenharia Química da FEUP foi ainda Diretor do Departamento desta área, entre 2001 e 2010, e Delegado Nacional do ‘Bologna Follow-up Group’, entre 2004 e 2010, tendo sido coordenador do Grupo Nacional de Peritos de Bolonha e Presidente do Grupo de Trabalho da EFCE em Engenharia Química.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=BBUPpVX5IPg]

[Foto: Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*