Conseguir um trabalho pode ser ‘limpinho’!

0
785

Nas áreas da Comunicação e da Publicidade, ser-se original é sempre um pré-requisito. A pensar nisso, e farto de procurar emprego sem sucesso, Nuno Fonseca imprimiu o seu currículo em… Papel higiénico.

“Por favor, antes de limpar o rabo na minha cara leia o meu currículo”, é com esta frase que o jovem de Felgueiras se apresenta às empresas a que se candidata. Uma ideia completamente fora do comum que lhe valeu ser notícia em todo o lado, mas que ainda não lhe deu o que tanto queria – um trabalho.

currículopapelhigienico
Imagens do currículo do Nuno Fonseca.

“Se achas que já viste currículos originais dá uma olhadela no meu. Se gostaste, partilha e ajuda-me a ser promovido de limpador de rabos a copywriter”, diz Nuno no seu perfil no Facebook, com o objetivo que a sua ideia, através de partilhas, chegue mais longe.

O jovem investiu cerca de mil euros, fruto do único emprego remunerado que teve, para ver a sua cara estampada em rolos de papel higiénico. Cada rolo custou entre 11 e 12 euros, fora os custos de importação dos Estados Unidos. É que Nuno bem tentou mas não encontrou por cá quem produzisse papel higiénico em pequena escala.

Formado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (UMinho) e com mestrado em Direção de Comunicação Empresarial e Institucional pela Universidade Autónoma de Barcelona, o jovem de 22 anos foi diretor de comunicação da Pro Gamer Series.

[Foto: facebook.com/nuno.fonseca.56]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*