À boleia de Lara Croft

0
605

Lara Croft está de volta em “Tomb Raider” (X360, PS3 e PC). Este episódio conta-nos como começou a lenda da mais conhecida e mais violenta arqueóloga dos videojogos.

Lara Croft é uma jovem adulta e recém-licenciada com ideias brilhantes e que faz parte de uma expedição que procura o reino Yamatai no Triângulo do Dragão, a sul do Japão. Uma inesperada tempestade faz com que o navio da expedição se afunde e é assim que começa esta aventura.
Depois do naufrágio, Lara encontra-se numa ilha misteriosa com habitantes nada amistosos, a irmandade dos Solarii.

A Crystal Dynamics felizmente conseguiu contar uma história riquíssima, pois a ilha já foi ocupada por diversos povos: Japoneses do tempo medieval, navegadores portugueses (!), soldados americanos e novamente japoneses da Segunda Guerra Mundial. A história é muito envolvente, é apresentada com momentos de grande espetacularidade gráfica e mostra-nos diversas facetas de Lara – que passam desde uma insegura náufraga, a uma infeliz e desesperada vítima dos Solarrii, até à Lara que nós conhecemos, a implacável e confiante arqueóloga assassina.

A jogabilidade deste novo “Tomb Raider” perdeu duas das caraterísticas que marcavam os episódios anteriores: a resolução de puzzles e a exploração dos mapas. No entanto, apresenta um novo sistema de combate que é bastante intenso e divertido. Com poucas armas, embora apropriadas conforme as situações, estamos sempre perante a sensação de que estamos à beira da morte e este “Tomb Raider” está mais violento que nunca.

Tecnicamente, este jogo está muitíssimo bom com gráficos de extrema beleza e mal se nota que a música não está ao nível dos episódios anteriores. Pela primeira vez, encontramos um modo multiplayer que fará com que o jogo dure muito.
Perdeu-se um pouco da antiga Lara, mas ganhámos uma nova Lara. Um jogo a não perder!

[Foto: Cedida pelo site oficial]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*