Politécnico de Castelo Branco chama professores

0
576

Num cenário de constante mudança, em Portugal e no mundo, surgem novos desafios em diversas áreas. Uma delas, combustível essencial das sociedades modernas, é a da Educação. Por isso, e para licenciados e profissionais do ensino, o Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) faz nascer o Mestrado em Supervisão e Avaliação Escolar (MSAE).

25 professores de escolas e agrupamentos da região de Castelo Branco estão já confirmados para dar início a este Mestrado, a 26 de fevereiro. A ideia é suprir a ausência de formação nesta área, essencial numa altura em que é pedido aos professores que saibam avaliar e supervisionar, como forma de progressão na carreira.

O MSAE está pensado para todos os níveis de ensino e áreas de formação, sendo que se desenvolve durante três semestres letivos. O IPCB justifica a aposta com a legislação, que exige “modalidades de supervisão da prática docente, como forma de garantir a qualidade do serviço educativo prestado e a progressão na carreira”, e que valoriza “a dedicação a diversas funções especializadas”.

O Mestrado será coordenado por duas doutoradas e investigadoras nas áreas de Didática e Supervisão, Fátima Paixão e Manuela Abrantes, e tem como pai o Curso de Estudos Superiores Especializados em Orientação Pedagógica do final dos anos 90 e o Mestrado de Formação em Supervisão (Master of Education in Supervision), da Universidade de Nottingham do Reino Unido.

A partir de 26 de fevereiro, nasce uma oportunidade para os professores responderem aos novos desafios da escola, que hoje vão para além da questão pedagógica e abrangem os campos da supervisão e avaliação escolar. 25 professores estarão neste arranque no IPCB.

[Foto: www.portaleducacao.com.br]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*