MBA português entre os 15 melhores da Europa

0
1095

É uma parceria entre a Universidade Nova de Lisboa (UNL) e a Católica Portuguesa (UCP) que não para de dar frutos – o programa internacional Lisbon MBA acaba de aparecer no 15º lugar dos melhores da Europa, numa lista elaborada pelo Financial Times.

O jornal atribui ainda ao Lisbon MBA (o único português nomeado) o 61º lugar nos melhores do mundo, num ranking que, sem grandes surpresas, visto que é uma habitué nestas andanças, aponta a Harvard Business School, nos EUA, como a líder – ainda que o ano passado tenha ficado no segundo lugar e em 2011 no terceiro.

Para quem pondera avançar para um MBA, não será de desdenhar o facto de que um dos critérios tidos em conta pelo jornal britânico é o salário auferido pelos alunos três anos após terminarem o curso. Os valores são atingidos através de questionários online a escolas e antigos alunos.

Em comunicado enviado pelas duas instituições, é referido que “o ordenado base pós-MBA foi, em média, de 62.200 euros [por ano]”, o que ajuda a perceber a classificação atribuída pelo Financial Times. A Nova e a Católica dizem mesmo que, em termos de salário, o MBA Nova/Católica está entre os 30 melhores do mundo e é o sétimo mais compensador a nível europeu.

Para além dos salários, segundo as universidades, 73 por cento dos alunos que fizeram esta formação em 2011 estavam empregados ao fim de seis meses.

No entanto, é a primeira vez que este programa conjunto integra a lista do diário britânico, o que José Ferreira, diretor da Nova School of Business and Economics (SBE), citado pelo Diário de Notícias, diz ser resultado de um “grande esforço dos funcionários, docentes e alunos”.

Já o diretor da SBE da Católica, Francisco Veloso, garante que esta é mais uma prova da qualidade do ensino em Portugal.

[Foto: asiancorrespondent.com]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*