E se deixássemos o Euro?

0
845

A crise continua a atacar a cada esquina e combatê-la é sinónimo de coragem. Hugo Abreu é estudante da Faculdade de Economia do Porto (FEP) e arrecadou o prémio “Young Tax Professional of the Year 2012 (YTPY 2012)”, graças à apresentação de pronto-socorro caso Portugal queira, ou seja obrigado, a sair do Euro.

“É uma espécie de pequeno manual de emergência a utilizar por decisores políticos, responsáveis da administração fiscal e gestores, que sistematiza o que deve ser feito, ou pelo menos considerado, nesses cenários”. Quem o diz é Hugo Abreu (à esquerda, na foto), estudante de mestrado em Finanças e Fiscalidade da FEP e o mais recente premiado da competição promovida pela Ernst & Young.

“Fiscal Consequences of a Portuguese euro zone exit” é o título do trabalho que valeu a Hugo Abreu o prémio, e é nele que o jovem expõe as consequências de uma eventual saída de Portugal da moeda única europeia. O impacte a curto prazo, tanto para as receitas fiscais do Estado, como para a fiscalidade das empresas não-financeiras em Portugal, é analisado pelo estudante, que imagina um cenário de saída unilateral, de colapso generalizado da Zona Euro ou mesmo de uma desagregação da União Europeia (UE).

“Fiscal Consequences of a Portuguese euro zone exit” foi trabalhado numa das alturas mais conturbadas da crise que estalou na Europa, coincidindo com as eleições na Grécia. Assim, Hugo Abreu explora o contexto político, económico e social que poderia levar ao abandono do Euro, sem se preocupar com vantagens ou desvantagens.

A análise pretende ser um guia em caso de emergência e nem foi preciso mais do que observar a realidade e aplicar os conhecimentos adquiridos ao longo do percurso académico. Hugo Abreu viajará em breve para Boston, onde irá representar a Ernst &Young Portugal na final internacional do YTPY 2012. O prémio final consiste num estágio na sede portuguesa da empresa, para além de uma recompensa financeira no valor de 3 mil euros.

[Foto: YTPY 2012]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*