Investigador do Ano em natação é português

0
740

Daniel Marinho é docente e Presidente do Departamento de Ciências do Desporto da Universidade da Beira Interior (UBI) e é também o Melhor Investigador do Ano 2012 para a International Society of Swimming Coaching (ISOSC). A associação atribui o prémio desde 2010 e reúne a comunidade técnica e científica da natação. O vencedor fala em “enorme orgulho”.

A ISOSC abrange centenas de membros em mais de 48 países, tendo sido criada com o principal objetivo de unir a teoria à prática da natação, criando sinergias e aproveitando o melhor dos dois mundos, garantindo aplicabilidade prática à investigação realizada na área.

Assim sendo, de há dois anos para cá, têm sido atribuídos dois prémios aos mais destacados em cada uma das vertentes. Em 2012, é o português e professor da UBI Daniel Marinho a ser considerado o Melhor Investigador do Ano, pelo trabalho desenvolvido no âmbito do processo de treino em natação.

A investigação da UBI liderada por Marinho tem centrado esforços nesta temática, fomentando uma ligação com clubes desportivos e atletas da seleção nacional, dando apoio ao nível do controlo e avaliação do treino. Nestes estudos, é aberta a porta à intervenção de muitos alunos de mestrado e doutoramento de Ciências do Desporto.

O professor distinguido garante que “este reconhecimento é mais um fator motivador”, salientando o “enorme orgulho” da instituição em “verificar que a investigação tem conseguido estabelecer uma estreita relação entre a teoria e a prática”.

O outro prémio atribuído pela ISOSC, o de Melhor Técnico do Ano, foi para o australiano Denis Cotterell.

[Foto: UBI – Henrique Neiva, estudante e campeão de natação da UBI]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*