A diretora de arte que espantou o mundo

0
826

Cecilia Giménez tem 81 anos e uma história de sucesso apenas recém-nascida. Em agosto, tornou-se um fenómeno à escala mundial por restaurar uma obra presente numa igreja de Borja, Espanha, com resultados entre o desastroso e o hilariante. Agora, Cecília é também diretora de arte de uma agência de publicidade.

Não é a primeira vez que um fenómeno da Internet acaba por fazer render o sucesso para lá do Youtube ou das redes sociais. Desta vez foi Cecilia Giménez, já em plena idade de reforma, a voltar ao ativo graças ao insólito que provocou no último verão.

Para os menos atentos: Borja, cidade espanhola da província de Saragoça, em Espanha, tem no Santuário da Misericórdia, uma pequena igreja do século XVI, um dos ex-líbris. Tem também, ou tinha, uma obra de arte em sua homenagem, a “Ecce Homo”, pintada por Elías García Martínez, artista do século XIX.

Com claros sinais de degradação, a obra de Martínez talvez merecesse ser restaurada. Uma senhora de 81 anos decidiu fazê-lo, sem aviso prévio. Restaurou tanto que a obra ficou quase irreconhecível, o que fez as delícias dos internautas durante largas semanas, deu origem às mais variadas representações e trocadilhos e pôs “Ecce Homo”, ou o seu ‘irmão afastado’, nas bocas do mundo.

Borja, Espanha
À direita, a forma encontrada por Cecilia Giménez para restaurar “Ecce Homo” (à esquerda).

O fenómeno Cecilia Giménez chegou aos responsáveis de uma agência de publicidade em Madrid, a Multivueltas, que viram ali uma oportunidade de negócio. Aproveitar a fama de Cecilia e fazer dela a responsável pelo departamento criativo, com a justificação de que fazer a melhor campanha de publicidade do mundo é o sonho de qualquer publicitário, e que Cecilia nem precisou de sonhar para o conseguir.

A restauradora está encarregue de dar apoio aos publicitários em matéria artística, numa informação avançada pelo espanhol ABC. O salário não foi revelado, mas a uma regalia já a nova contratação teve direito: a empresa madrilena abriu uma delegação em Borja, porque Cecilia está impossibilitada de sair da cidade por motivos pessoais (não vai Maomé à montanha…).

Os primeiros contactos entre Cecilia e os colegas têm sido benéficos para ambas as partes, que se dizem lisonjeadas pela oportunidade. A Multivueltas fez um vídeo, em espanhol, com legendas em inglês, para apresentar a mais recente contratação.

[Foto: adteachings.com e jaysonng.com]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*