Aplicações para smartphone com destino a Silicon Valley

0
856
Competition Delta App

20 equipas em competição durante duas semanas por uma viagem a Silicon Valley. O Delta App chega amanhã ao ponto alto – anúncio do vencedor – depois de grupos de designers, gestores e developers terem convivido num ambiente fervilhante e virado para o futuro. As equipas desenvolveram aplicações para smartphones e vão mostrá-las amanhã, no ISCTE – Instituto Universitário, a um júri de investidores.

O pontapé de saída foi dado por Zeinal Bava, CEO da Portugal Telecom, depois de escolhidos os 60 participantes (20 designers, 20 gestores e 20 developers). Estávamos a 3 de novembro e o dia foi em ritmo non-stop – 24 horas para quebrar o gelo e formar equipas de três, um elemento por cada área.

Depois do kick off, foram dadas duas semanas a cada grupo para desenvolver um protótipo de uma app e o respetivo modelo de negócio. Amanhã, dia 17 de novembro, as equipas reúnem-se novamente para um pitch onde, perante um júri de investidores, no local e em direto de Silicon Valley, será escolhido o vencedor.

E é precisamente para a região norte-americana, sede de inúmeras pequenas startups, bem como de algumas das maiores empresas tecnológicas do mundo, que os vencedores irão. Em Silicon Valley tomarão contacto com empresas como a Google, o Facebook ou o Linkedin.

Zeinal Bava
Miguel Gonçalves e Zeinal Bava estiveram em destaque no arranque da competição.

Numa aposta de futuro, e numa constante batalha contra os tempos difíceis que se vivem, o Delta App é organizado pelos alunos do BET Católica, IEEE-IST e pela Spark Agency, tornando-se numa das primeiras iniciativas a levar conhecimento técnico em Mobile Apps aos professores e alunos universitários.

Destas duas semanas frenéticas já saíram ideias de aplicações para permitir diagnósticos médicos à distância, gerir tarefas familiares, conhecer pessoas com os mesmos interesses para atividades no estrangeiro ou uma plataforma para criação de testes psicológicos.

[Foto: Spark Agency]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*