Chanel Nº5 fora do mercado?

0
539

Marilyn Monroe confessou que dormia apenas com duas gotas de Chanel Nº5 e – que se saiba – a diva não morreu por causa disso. No entanto, cientistas norte-americanos descobriram agora que alguns ingredientes do mítico perfume francês podem causar sérias alergias, nomeadamente o musgo de árvore.

Outros alergénios que podem colocar os consumidores em risco foram ainda identificados nas fragâncias Guerlain, Thierry Mugler e Miss Dior. Contudo, até janeiro de 2014, as fãs do perfume idealizado por Coco Chanel (e doutras fragrâncias) podem ficar descansadas, porque as regras de perfumaria vão permanecer na mesma.

Indignada com as declarações de perigo feitas públicas, Sylvie Jourdet, da Sociedade Francesa de Perfumes, já se manifestou: “Será o fim dos perfumes se isto for para a frente. Quanto mais que se utilizam ingredientes naturais, maior é o risco de alergias. Limão, jasmim ou tangerina contêm todos alergénios”.

[Foto: elesnamoda.com.br]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*