O teu tipo de sangue em 5 minutos

0
524

Não é magia nem bruxedo – uma aluna da Universidade do Minho (UMinho) inventou um dispositivo inovador que permite classificar o tipo de sangue em apenas 5 minutos. A proeza valeu a Sara Pimenta, aluna de Engenharia Biomédica, o primeiro prémio na categoria de Mestrado do Fraunhofer Portugal Challenge 2012. O projeto recebeu um prémio de 2000 euros.

O concurso de ideias, organizado pelo centro de investigação Fraunhofer AICOS, desafiou estudantes e investigadores das universidades portuguesas a apresentarem ideias inovadoras e de utilidade prática com potencial de mercado. A aluna da academia minhota foi distinguida pelo desenvolvimento dum dispositivo portátil que identifica o tipo de sangue duma pessoa em apenas cinco minutos – tempo muito menor do que os atuais 30 minutos que os procedimentos atuais demoram, o que faz com que este aparelho portátil permita salvar vidas em situações de emergência, ao tornar as transfusões de sangue mais seguras.

“Esta distinção foi uma grande surpresa, não estava à espera de ter passado a primeira, a segunda e a terceira fases até chegar à final. Espero de facto que esta inovação consiga salvas vidas em casos de emergência, essa foi sempre a minha motivação quando parti para o projeto”, refere Sara Pimenta, de 23 anos e natural de Felgueiras, que acaba de iniciar o Doutoramento em Engenharia Biomédica na UMinho, na área da eletrónica médica.

O Prémio foi promovido pelo Fraunhofer AICOS (Research Center for Assistive Information and Communication Solutions), que faz parte da Fraunhofer Gesselchaft, a maior organização europeia de investigação aplicada na área das engenharias, que conta com mais de 20 mil investigadores e um orçamento para Investigação & Desenvolvimento de 1,8 biliões de euros.

[Foto: Universidade do Minho]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*