O alfaiate de bicicletas

0
819

Chama-se Dinis Ramos – Noca para os amigos -, tem uma Licenciatura em Design pela Universidade de Aveiro (UA) e também uma paixão pelas bicicletas que cresceu com ele por terras da Gafanha da Nazaré, em Ílhavo. Agora é o mundo que está aos pés deste rapaz, ou não fosse ele capaz de desenhar bicicletas por medida. 

Depois de publicar as fotos das suas primeiras sete bicicletas no Facebook e em fóruns internacionais para amantes das duas rodas, a arte e o engenho do jovem artesão fizeram furor. Hoje, Noca é abordado por muita gente para fazer uma bike única. E os pedidos já são tantos que o designer já teve de negar alguns, nomeadamente os que lhe pedem um fabrico em série – porque só tem duas mãos e porque não abdica da vontade de que cada bicicleta seja uma obra única e irrepetível.

Os pedidos por bicicletas personalizadas chegam de Portugal sim, mas também de Nova Iorque, Barcelona e Bilbau, cidades onde a relação com as bicicletas é elevada à categoria de religião. “Está cada vez mais difícil dizer que não às pessoas”, confessa Noca. O antigo aluno da UA arrisca-se cada vez mais a ver o que inicialmente começou por ser um passatempo a ocupar-lhe o tempo inteiro.

Cada bicicleta é única

Todas as peças e componentes das bicicletas que saem da oficina caseira são escolhidas a dedo. E os tubos de aço e de alumínio para dar forma aos quadros são soldados pelo mestre Valdemiro, um dos últimos construtores de bicicletas de Ovar, a quem tem encomendado essas missões. Depois de ter as peças todas, Noca enclausura-se na oficina para montar o puzzle que, quando completo, é absolutamente original. Até as tintas são criadas por adição gota a gota de modo a atingirem uma tonalidade irrepetível. Já agora, original é também a linha de t-shirts que o Noca criou a pensar na indumentária dos ciclistas – e já há muitos vestidos com elas pelo mundo fora – e para dar asas a outra paixão que estampa no tecido: o desenho.

[Foto: Universidade de Aveiro]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*