Lembrar verdades e mitos de D. Joana de Portugal

0
1354

A história de uma personagem mal tratada pela própria História é o ponto de partida para a obra de Marsilio Cassotti sobre uma princesa portuguesa, que foi rainha em Espanha. “A Rainha Adúltera” desconstrói a tragédia de D. Joana de Portugal e da sua filha, daí o subtítulo “Crónica de uma Difamação Anunciada. Joana de Portugal e o enigma da Excelente Senhora”. O autor vem a Portugal, nos dias 10 e 11 de outubro, para nos mostrar “A Rainha Adúltera” por dentro.

Marsilio Cassotti vasculhou um extenso rol de documentos portugueses, espanhóis e italianos – numa pesquisa que começou há 12 anos -, para chegar a uma obra que junta a vida de Joana de Portugal e da sua filha, a Excelente Senhora, ao tema da sexualidade das rainhas do século XV, dos amores e desamores das donzelas portuguesas na corte de Castela e da luta de uma mulher em nome dos direitos da filha.

A história de Portugal é, naturalmente, indissociável da obra e Marsilio Cassotti não se coíbe de apresentar a estratégia de Portugal para dominar Castela e alcançar a União Ibérica. E é precisamente dos nossos vizinhos que vem uma série televisiva que recupera o tema deste livro, a ser emitida pela TVE e com estreia prevista para dia 10 de outubro. A série versará sobre a juventude de Isabel, a Católica e questionará a moraliade da cunhada, e irmã de Afonso V, D. Joana de Portugal, que acaba por ser a co-protagonista da série.

Dias 10 e 11 de outubro, em Lisboa, o autor de “A Rainha Adúltera, Crónica de uma Difamação Anunciada. Joana de Portugal e o enigma da Excelente Senhora” fala sobre a obra – que será editada pela Esfera dos Livros, dia 4 do mesmo mês – e dá a conhecer ainda mais sobre esta peculiar figura da história de Portugal.

[Foto: Esfera dos Livros]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*