Carros com direito a rede social

0
523

Chama-se Drive-IN, está a ser instalada em 500 táxis da cidade do Porto, tem a mão tecnológica do Instituto de Telecomunicações (IT) da Universidade de Aveiro (UA) e permite aos condutores ‘porem a conversa em dia’ em tempo real, como se numa esplanada de café se encontrassem todos. 

O Drive-IN permite aos automóveis trocarem entre si informações sobre o trânsito e vias alternativas em função do destino, velocidades e travagens de carros nas proximidades, acidentes, obstáculos e estado das vias são outras das informações, registadas e difundidas em rede pelos próprios veículos, às quais o condutor acede em tempo real.

A tecnologia desenvolvida pela UA permite também enviar informações sobre qualquer problema mecânico, quer para os carros em redor quer para uma oficina e serviços de reboque. Simultaneamente, em caso de acidente, o sistema alerta os serviços de emergência médica, indicando o local onde se encontra o condutor em apuros, enquanto avisa os veículos que circulam nas proximidades.

O segredo do Drive-IN, que é a chave da troca de informações entre veículos em tempo real, é um router-wireless desenvolvido pelo IT. Este “não só permite que os condutores tenham acesso à internet dentro do automóvel, através de um normal recetor, seja um telemóvel, um computador portátil ou um tablet, onde recebem toda a informação partilhada pelos outros veículos, como também, noutro sentido, permite difundir os próprios dados recolhidos pelo veículo”, explica Susana Sargento, uma das coordenadoras do projeto do IT.

O projeto Drive-IN, cuja tecnologia de comunicações veiculares foi desenvolvida de raiz na UA, conta com a colaboração das universidades do Porto e de Carnegie Mellon (EUA), o Instituto de Telecomunicações e as empresas N-DRIVE e GeoLink.

[Foto: Universidade de Aveiro]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*