Qual é o teu tipo de letra?

Perceber como é que os designers e as próprias empresas definem o tipo de letra e que influência é que essa opção tem na imagem que o público cria. A tese de doutoramento de Daniel Raposo, docente do Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) foi apresentada na Faculdade de Arquitetura da Universidade Técnica de Lisboa (UTL) e traz novas questões a um tema pouco discutido.

Segundo Daniel Raposo, “são escassos os estudos sobre o modo como a comunicação visual influencia a perceção pública e a reputação empresarial (Imagem Corporativa)”.

A tese, intitulada “A Letra como Signo de Identidade Visual Corporativa: Codificação e Descodificação do Sistema de Identidade”, tem como obejtivo principal perceber os processos de escolha de elementos de design e perceber que entendimento o público faz desses símbolos. “O designer de comunicação atua como mediador da mensagem corporativa, agindo sobre o modo como as organizações materializam graficamente o seu modo de pensar”, afirma o investigador.

O processo dividiu-se em duas fases, uma Não Intervencionista e outra Intervencionista. A primeira baseou-se num questionário, feito para o público em geral, excluindo designers ou mesmo estudantes da área ou de publicidade, procurando identificar as conotações base e secundárias dos logótipos, sem interferência do nome da marca. A segunda parte consistiu na experiência pela prática de princípios e conceitos, discutidos através de literatura da especialidade.

[Foto: IPCB]

Artigos Relacionados: