‘Tá a gravar

0
563

Arranca o primeiro take do LipDub do Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) e logo a puxar gargalhadas. Serafim chega de bicicleta, num blazer bem aprumado e protegido por um capacete, não vá a falta de equilíbrio tecê-las. “Ena tanta gentiii”, comenta com o inconfundível toque alentejano. “Isto no meu tempo não era assim”.

Serafim faz, certamente, uma referência à quantidade de alunos que se acotovelam no pátio exterior do Instituto, preparando-se para dar início ao vídeo promocional. “Já aterram aviões em Beja” é o nome do sketch de arranque e, para que Serafim não se sinta sozinho, é a deixa de uma das alunas. “Devem ser aviões daqueles que andam muito baixinho”, responde o ciclista fortuito. Pelos vistos, está enganado. A aluna não se deixa ficar: “anda conhecer o IPBeja”. E é aí que os espíritos se libertam, numa correria ao som dos primeiros acordes de “Moves Like Jagger”, dos Maroon 5. “Just shoot for the stars, if it feels right” e o que lhes parece certa é a vontade de dar uma boa imagem do Politécnico e da própria cidade de Beja.

Aldo Passarinho
Aldo Passarinho explica o percurso da cena inicial

Corre a primeira fila de alunos em direção às instalações e, enquanto uns dançam e outros chamam o cameraman em passos treinados, Aldo Passarinho, coordenador do Gabinete de Imagem e Comunicação do IPBeja, vai dando indicações e corrigindo posições. Substitui o microfone com que abriu as hostilidades por um megafone imperativo. É um dos mais entusiásticos na busca da cena perfeita e à segunda tentativa já nada pode falhar.

“Anda conhecer o IPBeja”, repete a aluna. Soltam-se as vozes e dança-se energicamente, como faria um tal de Mick Jagger.

[Fotos: João Diogo Correia e Bruna Pereira]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*