Onde param os nossos médicos?

0
660

Há falta de emprego para médicos em Portugal? O aumento do número de vagas nos cursos de Medicina da última década vai resultar num cenário de desemprego? Ou o problema é a má distribuição dos recursos humanos? Estamos a formar médicos para “exportar”? Estas e outras questões serão amplamente debatidas hoje, às 21 horas, no Salão de Alunos (piso 01) da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), no âmbito de uma palestra sobre “Empregabilidade em Medicina”.

O evento conta com a participação de vários representantes de órgãos responsáveis pela Saúde e pelo Ensino Médico em Portugal, tais como a Ordem dos Médicos (representada por Miguel Guimarães, da Secção Regional Norte), a Administração Regional de Saúde (representada por Rui Cernadas, da ARS-Norte) e de outras entidades, como a Federação Nacional dos Médicos (que assegura a presença Jorge Almeida) e o Sindicato Independente dos Médicos (representada por Sérgio Chacim).

A iniciativa é da responsabilidade da Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (AEFMUP) e integra as comemorações dos 30 anos desta Associação. De acordo com o presidente da AEFMUP, Francisco Mourão, a discussão deste tema pretende constituir-se como uma “reflexão sobre a realidade profissional dos futuros médicos, cada vez mais afetada pela difícil situação socioeconómica que o país atravessa, bem como pelas falhas de planeamento a longo prazo de sucessivas tutelas”.

[Foto: Sweet Carolina Design & Photo @ Flickr | Fonte: FMUP]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*