Bordada a prata

0
333

Terminou o Campeonato do Mundo Universitário (CMU) de corta-mato com uma boa notícia para as cores portuguesas. Com seis atletas convocados, quatro para o feminino e dois para o masculino, a seleção nacional conquistou uma brilhante medalha de prata, através de Carla Salomé Rocha. A estudante da Universidade do Porto (UP) ficou a apenas seis segundos do primeiro lugar!

Foi um dia muito frio na Polónia, na cidade que acolheu o Campeonato, Lodz, e a concorrência revelou-se muito forte. No entanto, Carla Salomé Rocha, com uma prova regular e de alta qualidade, nunca se descolou do pelotão da frente, constituído por duas atletas da seleção da Roménia. Passando grande parte da corrida na 3º posição, Carla aproveitou um sprint final para ultrapassar a romena Roxana Birca e terminar num brilhante 2º lugar, a apenas 6 segundos do ouro e com o tempo final de 15 minutos e 54 segundos. Em 2010, no Canadá, Carla Salomé Rocha tinha terminado na 12º posição e agora, com uma concorrência mais forte, conseguiu esta significativa melhoria, o que prova o bom trabalho da atleta e do treinador, Rui Ferreira, que disse ser “o reconhecimento de um árduo trabalho e de grandes sacrifícios de uma jovem” e confirmou que “é com certeza motivo de orgulho e motivação para o futuro”.

CMU 2012Quanto aos outros portugueses, ainda que não tão surpreendentes, conseguiram boas classificações, como o 36º lugar de Sara Carvalho e o 38º de Catarina Gonçalves (Bárbara Ferreira terminaria pouco depois, no 44º lugar) ou os 31º e 56º lugar finais de Daniel Gregório, atual Campeão Nacional Universitário e Ricardo Vale. Ainda assim, os atletas masculinos não esconderam alguma frustração, por estarem à espera de um melhor resultado. A classificação geral da Seleção Nacional foi um honroso 6º lugar entre 13 equipas.

[Fotos: Federação Académica do Desporto Universitário]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*